A Indústria Brasileira de Software e Serviços de TI em Perspectiva

Obtenha aqui os resultados do mais completo estudo já publicado sobre a indústria brasileira de software e serviços. Desenvolvido pelo Observatório Softex, unidade de estudos e pesquisas da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), foi lançado em 26/11/2009 no Auditório do Ministério da Ciência e Tecnologia (Esplanada dos Ministérios, Bloco E), em Brasília.

O lançamento do estudo "Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva" contou com as presenças de Sérgio Machado Rezende, ministro da Ciência e Tecnologia, de Waldemar Borges Rodrigues Neto e de Arnaldo Bacha, respectivamente presidente e vice-presidente executivo da Softex.

Na oportunidade, Virgínia Duarte, gerente de projeto da Softex, detalhou as principais conclusões do levantamento, que ao utilizar uma metodologia inovadora simplificou o cruzamento de dados com institutos de pesquisa e organismos oficiais brasileiros e internacionais.

Dividida em 15 capítulos, "Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva" reúne números, análises e projeções que traçam uma radiografia precisa do setor de software e serviços de TI sobre temas diversos, entre os quais o total de empresas que atuam no segmento, número de empregos gerados, capacitação, mão de obra, acesso a recursos financeiros, competências nacionais e qualidade.

Abrangente, a publicação é composta por seis partes: a indústria brasileira de software e serviços de TI (IBSS); software e serviços de TI como atividade secundária nas empresas (NIBSS); capacitação e competências para o setor de software e serviços de TI; cenários e projeções; adoção e uso das tecnologias da informação e comunicação (TICs); e marco institucional para o setor de software e serviços de TI.

"Até agora não dispúnhamos de informações essenciais e confiáveis, levantadas a partir de uma metodologia internacional padronizada sobre a indústria de software e serviços de TI. Com essa publicação, e com as complementações que virão em seguida, poderemos mudar esse quadro e oferecer ao setor público e privado dados fundamentais para apoiá-los na tomada de decisões de negócios e também na definição e na implementação de políticas setoriais", explicou Arnaldo Bacha de Almeida, vice-presidente executivo da Softex.

A publicação do primeiro volume do estudo "Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva" é um dos resultados do Projeto SIBSS-SOFTEX (Sistema de Informação da Indústria Brasileira de Software e Serviços de TI), iniciado em 2007 sob coordenação do Observatório Softex. A realização do Projeto contou com apoio e recursos financeiros do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), através da Secretaria de Política de Informática (SEPIN).

"Além de ampliar o escopo e a qualidade dos dados e das informações disponíveis para a elaboração de políticas públicas, o Observatório Softex pretende se transformar na principal fonte de referência para as empresas, para a mídia nacional e internacional e para as pesquisas acadêmicas, auxiliando no fortalecimento da imagem do software e serviços de TI brasileiros", destaca Virgínia Duarte, gerente de projeto da Softex.

O trabalho do observatório Softex contou com o apoio de uma equipe técnica composta por diversos consultores externos, na qual houve a participação de profissionais da MBI.

Obtenha aqui os resultados, em formato .pdf:

- Resumo executivo (11 páginas, 1,17 Mb).
  Este arquivo contem os principais resultados do trabalho.

- Texto completo (322 páginas, 8,48 Mb). 
  Este arquivo todos os resultados do trabalho.

Acesse aqui a segunda edição deste trabalho, publicada em 2012