Este é um trecho da introdução do texto:

"SaaS é um modelo utilizado como estratégia para a distribuição de software. Esse modelo de negócios provoca mudanças fundamentais no desenvolvimento de software, em direção a um modelo centrado na prestação de serviços. Este modelo caracteriza-se por oferecer ao cliente a possibilidade de utilizar o software via Internet, sendo o software hospedado num servidor remoto controlado pelo fornecedor, evitando assim problemas de instalação, atualização, hardware e suporte. Esse tipo de serviço traz vários benefícios ao cliente: reduz o custo porque o cliente não precisará adquirir muitos equipamentos de hardware, uma vez que o software está hospedado na infraestrutura do fornecedor. Além disso, é dispensado o pagamento da licença para contratar o serviço, ou seja, ao invés de uma única taxa, o pagamento pela utilização de um software é feita por meio de assinatura ou outros meios de cobrança."

"Em relação à implantação do software, o processo é mais rápido porque o software está pronto para uso no servidor do fornecedor. Além disso, o suporte técnico é facilitado, não sendo necessário deslocamento de equipe. Quanto à acessibilidade, o serviço poderá ser acessado de qualquer local a qualquer momento, via Internet e consequentemente, aumenta a integração entre as filiais de uma mesma empresa. Sobre a escabalidade, como o modelo permite um número maior de clientes, é indispensável a utilização de técnicas para permitir alocação de recursos sob demandas. A aplicação estará mais flexível no sentido de que a quantidade de inquilinos e usuários finais de SaaS pode aumentar e diminuir de acordo com a necessidade do contratante. Isso permite flexibilidade e adequação do custo da empresa à sua realidade. No aspecto continuidade, a tendência é que sejam incorporados constantemente novos recursos e atualizações de versões no software."

O Capítulo II oferece uma revisão completa dos conceitos sobre SaaS:

"... apresenta conceitos que integram a estrutura de SaaS. São apresentados definição de SaaS, pesquisas e análises dos conceitos de SaaS, aspectos sobre desenvolvimento, estrutura de custos, a teoria da a cauda longa, mecanismos de geração de receita, mercado para SaaS, comparativos de aplicações tradicionais e SaaS, Service Level Agreements (SLA), vantagens e benefícios, desvantagens e dificuldades de utilização, exemplos de SaaS horizontal/ vertical, SaaS corporativo e SaaS e Web 2.0."

"... apresenta a descrição técnica de SaaS, níveis de maturidade, ciclo de desenvolvimento, disponibilidade dos dados, portabilidade, escalabilidade das aplicações, escalabilidade dos dados, customização das aplicações, arquitetura multitenant, arquitetura de alto nível, serviço de metadados, serviços de segurança, segurança dos dados e extensões ao modelo de dados."

O restante do texto desenvolve as características e um modelo de uma ferramenta para o gerenciamento de aplicações sendo executadas no ambiente SaaS.

Obtenha aqui o texto completo do trabalho em formato .pdf (181 páginas, 5,83 Mb).