A pesquisa discute, a partir de dados primários obtidos por meio de survey junto a um conjunto de empresas brasileiras de software, o impacto da gestão nos resultados percebidos - utilizando-se como referencial o Balanced Scorecard - e rentabilidade destas empresas.

A tese foi desenvolvida a partir da adoção de três metodologias. A primeira foi a técnica de análise multivariada, que permitiu identificar segmentos de empresas com perfis diferenciados e estatisticamente significantes quanto a diferentes aspectos da gestão e seus resultados percebidos. A segunda foi o Partial Least Squares (PLS), que permitiu identificar que aspectos da gestão estão mais associados aos resultados percebidos. Finalmente, a técnica de Mínimos Quadrados Ordinários identificou aspectos de gestão mais associados à rentabilidade das firmas estudadas.

Tendo como ponto de partida a linha de pesquisa coordenada pelo Professor Antonio Roberto Ramos Nogueira (COPPEAD/UFRJ), foram testadas as associações entre os macroconstrutos de Planejamento e controle baseado em benefícios, Direcionamento dos Recursos Humanos, Direcionamento para o Futuro, Manutenção do relacionamento com o cliente, Maturidade do processo de software e Resultados percebidos do negócio.

Para o macroconstruto Planejamento e controle baseado em benefícios foram identificados os seguintes fatores: (F1) Avaliação de projetos de investimento; (F2) Formalização dos objetivos e qualificação dos gestores; (F3) Formalização dos projetos de investimento. Para o macroconstruto Direcionamento de recursos humanos foram identificados os seguintes fatores: (F1) Performance de RH; (F2) Aprendizado. Para o macroconstruto Direcionamento para o futuro foram identificados os seguintes fatores: (F1) Competindo pelo futuro; (F2) Parceria e Reconhecimento de clientes; (F3) Pioneirismo. O macroconstruto de Manutenção do relacionamento com o cliente apresentou os seguintes fatores: (F1) Estratégia de CRM; (F2) CRM Operacional; (F3) Comércio Eletrônico. O macroconstruto Maturidade do processo de software também apresentou três fatores: (F1) Formalização de processos de software; (F2) Transparência; (F3) Gestão da qualidade de software. Finalmente, o macroconstruto Resultados balanceados percebidos apresentou dois fatores: (F1) Resultados não financeiros; (F2) Resultados financeiros.

A análise de conglomerados indica que existem quatro grupos de empresas, com perfis de gestão e resultados – de exportação, de rentabilidade e percebidos – diferenciados. O primeiro cluster - cujas firmas foram denominadas “Formais” - é caracterizado por firmas de médio e grande porte, baixo desempenho percebido e rentabilidade, e razoáveis avaliações no que diz respeito à formalização de projetos de investimento, pioneirismo e gestão da qualidade do processo de software.

O cluster cujas empresas foram nomeadas como “Pioneiras” caracteriza-se pelo segundo melhor desempenho no que diz respeito ao desempenho percebido, o melhor desempenho exportador, a maior rentabilidade média, e avaliações positivas no que diz respeito à formalização de objetivos e qualificação de gestores, pioneirismo e comércio eletrônico. Este grupo de empresas caracteriza-se também pelo menor nível de contratação de força de trabalho via cooperativas e/ou pessoas jurídicas. Já o outro conglomerado, denominado de “Desorganizadas” é caracterizado por empresas de pequeno porte com avaliações menos positivas em todos os itens de gestão e resultados percebidos, mas desempenho mediano no que diz respeito à rentabilidade. O grupo de firmas nomeadas como “Líderes” é caracterizado por empresas de médio e grande porte, com rentabilidade mediana e avaliações positivas nos diferentes aspectos da gestão considerados nesta pesquisa.

Modelos de Partial Least Squares indicam que Direcionamento para o Futuro, Maturidade do processo de software, Manutenção do relacionamento com o cliente, o desempenho exportador e o tamanho da firma têm impacto positivo e estatisticamente significativo nos Resultados balanceados percebidos das firmas de software. Análise de Mínimos Quadrados Ordinários indica que Parceria e reconhecimento de clientes, Gestão da qualidade de software e desempenho exportador contribuem positiva e significativamente para a rentabilidade das empresas de software. Performance de RH e Pioneirismo contribuem de modo menos significativo.

Clique aqui para fazer o download do texto completo da tese em formato .pdf (1005 Kb, 204 páginas)