Pela primeira vez, o Censo do Setor de TI terá a participação de alguns países do leste europeu, da África e Ásia


Toque com o dedo na imagem e arraste-a para ampliá-la (em telas touch),
ou deslize o mouse sobre a imagem para visualizá-la ampliada

Com o intuito de gerar oportunidades para as empresas e estimular políticas públicas que envolvam a indústria de TI, a Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro Nacional), em conjunto com a Federação Iberoamericana de Entidades de Tecnologia da Informação e Comunicação (ALETI), desenvolve anualmente a iniciativa conhecida como “Censo do Setor de TI”, desde 2012.

Neste ano de 2015, a meta é, além de atualizar o mais completo retrato do setor de TI com comparabilidade internacional, ampliar seu alcance para além dos países membros da ALETI. Armênia, Bangladesh, Cuba, Egito, Eslovênia e Nigéria são os pioneiros nesta nova fase. Para tanto, foi criada uma versão do questionário em inglês, contendo questões específicas para esses países, e as questões aplicadas em todos os países.

Principais resultados da edição 2014

Na edição 2014, essa iniciativa contou com a colaboração de 1300 empresas de dezenove países, sendo que quase metade foram companhias brasileiras. Colômbia, Argentina, Equador e Paraguai, nesta ordem, completaram os cinco países com maior participação no levantamento. mapa satelital A base de dados final desta edição contém cerca de 80 mil respostas.

Ao comparar o Brasil com os demais países, destacamos itens como: a maior rotatividade de profissionais, indicando uma disputa maior pelos recursos humanos qualificados; o pioneirismo das empresas da Argentina e do Brasil, onde mais da metade das empresas foram estabelecidas há mais de quinze anos; e o crescimento da internacionalização em todos os países, exceto no Brasil – onde o índice de empresas exportadoras está estacionado em 17% do total há vários anos.

Benefícios para as empresas participantes

Ao mapear a oferta de serviços e produtos das empresas, suas capacidades tecnológicas, suas práticas de inovação, investimento em pesquisa e desenvolvimento, entre vários outros temas importantes para compreender o setor de Tecnologia da Informação, a base de dados acumulados também pode ser usada para gerar oportunidades para as empresas.

Para tanto, na parte final do questionário, as empresas devem autorizar o uso das informações de seu perfil para a geração de oportunidades de negócios, e indicar o perfil das oportunidades que buscam.

Sobre a Edição 2015

Neste ano de 2015, a iniciativa está sendo repetida pela quarta vez, com a expectativa de superar todas as edições anteriores, tanto em número de empresas como de países participantes. A expectativa é que os principais resultados sejam divulgados até o final deste ano.

Como participar

A participação das empresas já está em andamento, bastando acessar um destes links na web para responder o questionário em português:

http://assespro.org.br/biblioteca/dados-mercado/2015-censo-aleti-do-setor-de-ti/

http://www.mbi.com.br/mbi/contatos/questionarios/2015-censo-aleti-plus/

https://pt.surveymonkey.com/r/censo-ti-2015-portugues


Publicado originalmente em
http://www.assespro-mg.org.br/index.php/assespro-atualiza-mapa-do-mercado-de-tecnologia-de-informacao-para-alem-da-america-latina/