A Associação das Empresas Brasileiras de TI (Assespro) e a Federação Ibero-Americana das Entidades de TI (ALETI) estão realizando em parceria a 2ª edição do Censo das Empresas de Tecnologia da Informação. A iniciativa surgiu a partir da demanda do setor em gerar indicadores precisos sobre a área. O mapeamento tem como objetivo levantar dados para formar uma grande cadeia do setor de TI, que subsidiará políticas públicas eficientes, além de gerar oportunidades de cooperação entre as empresas participantes. O censo acontece simultaneamente na América Latina, Caribe, Portugal e Espanha.

Todas as empresas brasileiras podem participar da pesquisa preenchendo, até o dia 20 de outubro, o questionário disponível no site assespro.org.br/biblioteca/dados-mercado/2013-censo-aleti-do-setor-de-tic/. Quanto maior o número de empresas participantes, mais fiel será o resultado do censo. Além da Assespro, outras entidades do setor já estão se mobilizando para colaborar, caso do Porto Digital. A Assespro atualmente comporta mais de 1,4 mil empresas nacionais de TI. Com forte atividade, em Pernambuco, as empresas associadas à Assespro representam cerca de 80% do Produto Interno Bruto (PIB) de tecnologia do estado.

Iniciado em 2012, a pesquisa deste ano terá proporções maiores. Além do Brasil, agora o levantamento também será realizado em diversos outros países por meio da ALETI e já há planos para que a ação se torne uma iniciativa global, através da parceria com a Federação Mundial das Entidades de TI (WITSA). A participação no censo é aberta a todas as entidades e empresas do setor na América Latina, Espanha e Portugal, vinculadas ou não à Assespro e demais entidades da ALETI. A pesquisa também não faz limitação de porte, tecnologia ou localização.

Os temas cobertos pelo questionário foram trabalhados sob a liderança da Assespro juntamente com mais vinte outras entidades de dezoito países participantes da ALETI, abordando todos os aspectos das empresas. As informações individuais oferecidas têm sigilo garantido pelas empresas apoiadoras - SurveyMonkey e MBI. Os resultados anteriores do censo tiveram uma grande repercussão na imprensa, sendo apresentados em diversos eventos realizados no Brasil e no exterior, além de ter despertado o interesse das Nações Unidas e de outras entidades internacionais.

“A grande missão é traçar comparativos entre as indústrias de TI dos países que compõe a ALETI, gerando oportunidades de negócios e projetos de melhorias”, explicou Gerino Xavier, presidente da Assespro-PE. Além de contribuir com a geração de importantes indicadores sobre o setor, como incentivo, as empresas participantes ainda poderão divulgar seus produtos e serviços no portal de oportunidades de negócios, com alcance internacional, que substituirá o atual Catálogo de Software (lançado em 2007, com apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Originalmente publicado em
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2013/10/04/internas_economia,466058/censo-mapeia-setores-de-ti-na-america-latina-caribe-espanha-e-portugal.shtml