Expectativa é que mais de mil empresas associadas às 21 entidades em 19 países participem do estudo.

Trazer um panorama do mercado de TI da região Ibero Americana. Com esse objetivo, a Assespro Nacional (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação) se une à ALETI (Federação de Associações da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal de Entidades de Tecnologia da Informação) para a criação do Censo ALETI.

“Realizamos o primeiro Censo em 2012 somente no Brasil, e por meio da ALETI expandimos a iniciativa para os outros países. A informação contida no estudo não é habitualmente levantada, nem pelos governos (que se focam em renda e emprego), nem pelas empresas comerciais de pesquisa (que consideram a indústria local de TI apenas como potenciais parceiros para as grandes empresas multinacionais)”, explica Luís Mario Luchetta, presidente da Assespro Nacional.

A realização do Censo ALETI 2013 conta com apoio de infraestrutura e técnico da SurveyMonkey (www.surveymonkey.com), e na elaboração do questionário e processamento das informações pela MBI (www.mbi.com.br). A expectativa é que mais de mil empresas associadas às 21 entidades de 19 países participem do estudo.

“Nossa grande missão é traçar comparativos em profundidade entre as indústrias de TI dos países que compõe a ALETI, gerando oportunidades de negócios, melhoria do marco regulatório e projetos de cooperação em Pesquisa e Desenvolvimento”, finaliza Luchetta.

Assespro-Fundada em 1976, a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, a Assespro está entre as entidades empresariais mais antigas do mundo no setor de TI. A Associação congrega mais de 1400 empresas do setor de TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação), e atua como legítima representante do setor na interlocução com o mercado e as autoridades constituídas. |www.assespro.org.br.

Publicado originalmente em
http://www.revistafatorbrasil.com.br/ver_noticia.php?not=235860