Por Lauro de Lauro

Venho estudando este tema diariamente e a complexidade e abrangência multidisciplinar envolvidas na computação em nuvem me desafiam constantemente.

Um dos meus guias de tendências tecnológicas, o Gartner, em seu Hype Cycle for Emerging Technologies, apresentado abaixo, examinou a maturidade de 1.800 tecnologias e tendências em 75 tópicos de tecnologia, em 2010. E mostra de forma muito clara o momento de cada uma delas.


Gartner’s 2010 Hype Cycle Special Report Evaluates Maturity of 1,800 Technologies

Note que, na avaliação do Gartner, o Cloud Computing e as Cloud/Web Platforms estão no pico das expectativas e é neste ponto que eu quero discutir com você a maturidade do mercado brasileiro. Entender comportamentos e prever tendências necessita de muitas pesquisas e uma grande capacidade de abstração. Estamos realizando junto com a MBI uma pesquisa que envolve mais de 600 executivos brasileiros de TI de grandes, médias e pequenas empresas, para entender melhor a maturidade, os potenciais e perspectivas das empresas brasileiras em relação ao cloud computing.

Os resultados da primeira fase da pesquisa já demonstram comportamentos bastante interessantes que compartilho com você:

1. Conhecimento do termo Cloud Computing no Brasil

Para a maioria dos entrevistados (89,5%), o conhecimento do termo é familiar. Somente 10,5% não conhecem o tema e 64,7% afirmam tê-lo conhecido entre dois (2) e cinco (5) anos antes da pesquisa

O tema desperta grande interesse e a mídia certamente ajudou a divulgar o assunto, o que é um bom indicativo de que está fazendo o seu papel. Resultado: o assunto aderiu de forma definitiva.

Faz sentido para você?

2. Uso da nuvem no Brasil

Para entender como está a migração da infraestrutura interna das empresas para ambientes cloud e, indiretamente a maturidade do mercado, fizemos a seguinte pergunta aos entrevistados: “A sua empresa utiliza os conceitos de cloud computing de forma dedicada em um fornecedor externo?”

Como você poderá ver no gráfico abaixo, a resposta obtida foi que a adoção já representa 14,4% e, se somada à fatia dos que têm intenção de adotar o serviço, chegamos a 49%.

Na prática, a pergunta feita aos entrevistados significa “até que ponto a sua empresa já implementou uma nuvem privada?” Portanto, a forte demonstração de adoção ou intenção de adotar serviços em nuvem implicaria neste caso em partir para as nuvens privadas ou híbridas.

Mas acredito ser necessário relativizar essa conclusão porque ainda há um desconhecimento do que realmente é um serviço de cloud computing. No item sobre a familiaridade do termo “infraestrutura como serviço (IaaS)”, 70,5% dos entrevistados responderam que não conhecem o termo ou somente leram alguma coisa sobre o assunto. Ou seja, provavelmente, ainda se confunde muito servidores dedicados em um data center com cloud computing.

Dos 20,9% dos que responderam que estão usando IaaS, em experimentação ou em produção,as respostas comprovam o conhecimento dos atuais serviços disponíveis como ofertas.

3. Segurança dos dados:

Na questão da segurança dos dados, quando comparamos o uso de cloud computing com o processamento de dados interno, 30,7% dos entrevistados disseram acreditar que de alguma forma estariam mais seguros ou igualmente seguros com as aplicações fora da sua empresa e 54,9% ser mais seguro ter as aplicações dentro da empresa.

Os números indicam que ainda persiste o receio de um expressivo número de executivos de TI quanto à segurança da computação em nuvem, conflitando com as perspectivas. Segurança é um termo complexo e vale diversos posts, mas quero focar neste momento na questão central: o cloud resolve a segurança de forma limpa e eficiente e por isso tem um grande potencial de adoção. Práticas como a de fazer backup em fita que é levada para casa ou usar servidores redundantes dentro da infraestrutura de empresas, que se veem por aí, não são uma alternativa a ser considerada.

O desafio que fica é entender como a computação em nuvem pode ajudá-lo a transformar a sua empresa dentro de um processo de mudanças e inovação.

Publicado originalmente em
http://www.dualtec.com.br/blog/2011/10/04/a-maturidade-do-cloud-computing-no-brasil