O que o mercado brasileiro de TI pensa de Bill Gates - Pág.2

Confira depoimentos de profissionais que acompanharam a evolução de Bill Gates e da Microsoft:

"Um executivo que merece confiança de bilionários, que entregam a ele fortunas a serem aplicadas em projetos sociais ao redor do mundo, transmite a mais pura confiança empresarial, este executivo fará falta o mundo da TI. Bill Gates, suas idéias e modelo de gestão empresarial, não só tiveram influência na minha vida pessoal dentro da área de TI, como nas empresas, adicionando facilidades e muita produtividade. Considero de certa forma, um ponto negativo, o quase monopólio do software no mundo da plataforma aberta. A Microsoft é a gigante que não dá muito espaço aos demais, por outro lado tem suas competências para isto. A inovação constante em tudo que produz, os desafios lançados à comunidade de TI são pontos altamente positivos do executivo. Penso que a estratégia da Microsoft sem Bill Gates será a de aquisições de empresas e tecnologias, que, do ponto de vista comercial está correta, porém a essência da criatividade, ponto forte ao longo dos anos, sofrerá com a ausência dele. Novamente, o mundo da TI perde sem Bill Gates, embora tenhamos alguns brilhantes  executivos no momento, existem ícones, que marcam e são para sempre! Bill Gates para a TI é, na minha opinião, o que representou o Pelé para o futebol."

José Carlos Padilha,
gerente de TI da Carbocloro

"É muito simples medir a importância de Bill Gates para a indústria de TI: olhe para o seu computador e para os computadores à sua volta. A marca idealizada e construída por Bill Gates está na maioria dos lugares em que a tecnologia também está. Não há dúvida de que a sua saída da Microsoft representa um enorme desafio para a empresa e para o seu sucessor; por outro lado, será uma excelente oportunidade para provar que a governança por ele estabelecida foi um sucesso, deixando sua criação nas mãos de profissionais competentes. Gates sempre foi, como reconhece o mercado, o guru por trás do sucesso da empresa e de suas soluções. Ele é a cara da Microsoft, e essa imagem saudável que conecta o executivo à empresa serve como referência na carreira profissional de qualquer um. Acredito que, apesar da manifesta intenção de se dedicar somente à filantropia, ainda vamos ver as opiniões de Gates sobre tecnologia sendo publicadas aqui e ali. Afinal, trata-se de um homem apaixonado pelo setor. Estou certo de que o mercado continuará sempre recebendo, de braços abertos, a visão e a opinião de Bill Gates."

Laércio Albuquerque,
diretor-geral da CA Brasil

"É uma pessoa que não tem um conhecimento técnico dos mais profundos, mas é inteligente e perspicaz, porque teve o mérito ter feito a ponte, do lado técnico, rodeando-se dos melhores profissionais, com o do negócio."

Roberto Carlos Mayer,
presidente da Assespro-SP e diretor da MBI

"Bill Gates é um dos grandes revolucionários da história do mercado de tecnologia, o que desenvolveu como produto e como conceito de empresa fez com que todo o mercado de tI tivesse de repensar suas prioridades e estratégias. É também um daqueles líderes com a imagem de arregaçar as mangas e trabalhar com a equipe, daí a confiança que os produtos e a empresa inspiram. Ele tem uma mistura de sorte e visão; vivi essa epoca pessoalmente, e toda a TI era voltada para o hardwareGates teve o mérito de enxergar que o software era o futuro e não o hardware."

Sergio Lozinsky,
consultor de gestão empresarial da Booz&Co

"Sempre vai ser marcado por enxergar um negócio que ninguém tinha percebido. O pessoal da geração dele tem até inveja porque qualquer um podia ter tido essa idéia. O papel dele já foi bastante explorado, tem aquele vídeo de seu último dia na Microsoft que mostra como ele soube brincar com isso, com a idéia do mundo dos negócios ser algo de jovens e de qualquer pessoa. Ele sempre se posicionou como pessoa comum. Com o tempo, ele perdeu a agressividade, a posição de desafiador que teve no passado, frente aos grandes players de seu tempo."

Pedro Bicudo,
sócio da TGT Consulting

Conteúdo republicado a partir de http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=49197