Área de TI tem pesquisa nacional de software

Um total de 1.778 linguagens e bancos de dados estão em uso nas empresas brasileiras, correspondendo a uma média de duas linguagens por empresa (com um desvio padrão de 1,5), revelou a primeira pesquisa Brasil Software na área de Tecnologia da Informação, divulgada em 19/10 pela MBI/FonteMídia. O levantamento de dados recolhidos no semestre passado junto às empresas nacionais mostra como está distribuído o uso desses programas.

A pesquisa demonstrou ainda as tendências de uso dos principais programas, revelando a alta contínua no emprego do sistema ASP, que há um ano era usado por 1,8% das empresas consultadas e agora já atinge 5,6% do universo pesquisado.

A definição de tendência (queda/estável/alta) se refere à comparação dos percentuais atuais com os verificados há quatro meses. As estatísticas foram elaboradas a partir de uma amostra do banco de dados da MBI, constituída por 907 empresas que mantêm equipes de profissionais de desenvolvimento, 7% a mais que na edição anterior.

Segundo a MBI, embora o número total de empresas que desenvolvem software no Brasil não seja conhecido, é possível estimá-lo dividindo a análise nas duas principais categorias de empresas que desenvolvem software. No caso das software-houses e empresas prestadoras de serviços, a MBI estima que a amostra seja da ordem de 10%. Tal número é baseado na comparação das empresas que fazem parte do banco de dados da MBI com diversas bases de dados sobre este mercado.

No caso das empresas usuárias de informática que desenvolvem seus próprios aplicativos, a comparação foi efetuada com o Anuário Exame Maiores & Melhores, obtendo uma abrangência próxima a 20%.

"Com certeza, estes percentuais são suficientemente grandes para conferir validade estatística à nossa amostra. No entanto, uma estimativa do tamanho total do mercado é apenas aproximada, visto que a identificação das grandes equipes é sempre mais fácil. Levando em conta este fato, estimamos o número total de profissionais de desenvolvimento em sete a oito vezes o total analisado nesta pesquisa, o que corresponde a aproximadamente 140 mil profissionais de desenvolvimento", informa Roberto Carlos Mayer, o principal executivo da MBI.

Relatórios - A parceria MBI/FonteMídia abrange dois relatórios. O Brasil Software é publicado semestralmente (em abril e outubro) e apresenta um amplo conjunto de estatísticas sobre o desenvolvimento de aplicações no mercado brasileiro.

Já o relatório Brasil InfoCorp é publicado a cada quadrimestre (abril, julho e outubro), e reúne um conjunto de estatísticas sobre uso da informática no ambiente corporativo brasileiro. Todas as empresas incluídas na amostra-base deste relatório usam a informática como uma ferramenta, e não como uma atividade-fim.

As parceiras - A MBI é uma empresa de capital 100% nacional, criada em 1990 e estabelecida em sede própria desde 1992. A MBI é a única empresa no Brasil dedicada a prestação de serviços de pesquisa de mercado e database marketing no mercado empresarial de tecnologia da informação.

Já a  FonteMídia Comunicação e Multimídia S/C Ltda. foi criada em novembro de 96 e é especializada em publicidade (negociação de mídia e planejamento e criação), Jornalismo (editoração, matérias especiais, assessoria de imprensa e conteúdo para web sites). Desde 1997 atende à Associação das Empresas Brasileiras de Software e Serviços de Informática e empresas deste segmento de várias cidades do País. Criou e organizou em 1999 os Jogos Assespro São Paulo e o Baile do Nerd para a integração dos profissionais e empresas do setor.

Publicado originalmente em
http://www.novomilenio.inf.br/ano00/0010c003.htm