Nota importante:
em função de problemas de qualidade no nível de serviço,
abandonamos o uso do fornecedor citado no texto abaixo em abril de 2012.

Quando o acesso à Internet era feito de forma quase que exclusiva por meio de conexões discadas, os provedores de acesso a Internet eram empresas em rápido crescimento. Na mesma época em que surgiram as conexões de banda larga, que ficam conectadas de forma permanente (ou por muito mais tempo que as conexões discadas), os provedores puderam compensar esta exigência adicional pelo negócio de hospedagem: a maioria das empresas conectadas à Internet optaram por criar seu próprio website.

Na medida em que estes websites amadureceram e cresceram, o valor cobrado pelos provedores foi evoluindo também. Era comum, ha pouco tempo atrás, a cobrança de um real por megabyte de espaço em disco para armazenar bases de dados relacionais conectadas a um site.

Na sequencia, surge outro serviço criado pelos provedores: os "discos virtuais". Estes nada mais são do que espaço de seus discos reservados para que os usuários armazenem qualquer tipo de informação. No começo, estes discos eram de pouquíssima capacidade (o Terra, por exemplo, ofereceu discos virtuais gratuitos de UM megabyte, e pagos de vinte e cinco (!) por muito tempo).

Entretanto, com o surgimento do conceito de "cloud computing" e novos provedores mais agressivos, é possível, nos dias de hoje, contratar um disco virtual com armazenamento ilimitado, a um custo de poucas dezenas de dólares ao ano. Nós da MBI estamos experimentando o uso da solução de storage online da onlinestoragesolution.com. Este serviço permite o uso do espaço de armazenamento como disco virtual público ou privado, e a criação de links públicos (URLs) que podem ser embutidas em sites.

Estamos experimentando o uso destas URLs embutidas para armazenar arquivos .mp3 de alguns eventos recentes que realizamos. Ainda não temos certeza da capacidade total dos servidores, mas planejamos desta forma viabilizar a disponibilização de filmes, sem cair nos limites de armazenamento para o site definidos por nosso provedor de hospedagem :(  (ou você pensou que a gente estava livre disto?).