O processo de monitoramento de mercado segue as recomendações da estatística, de forma a garantir a representatividade dos resultados gerados. Assim, o primeiro passo é a determinação do tamanho da amostra, levando em conta o tamanho do universo de estudo e a margem de erro desejada (ou aceitável). Caso você queira se aprofundar no significado destes termos, recomendamos a leitura do texto "Amostragem em Pesquisas", disponibilizado na seção de Tutoriais deste site.

A parte essencial à obtenção dos resultados do monitoramento de mercado consiste na alocação e execução planejada do levantamento das informações. Neste ponto, é fundamental a capacidade de gestão dos processos internos, que é justamente um dos diferenciais da MBI.

A seguir descrevemos detalhadamente um plano de realização de entrevistas como parte do processo de monitoramento de mercado. Para exemplificar, vamos supor que a amostra total a ser construída será composta por quatrocentas entrevistas.

O segundo item que precisa ser definido, e que vai determinar a velocidade do monitoramento de mercado, é o tempo que será gasto na construção da amostra. Neste exemplo, vamos supor que o tempo de construção da amostra será de 8 (oito) meses.

Assim, para nosso exemplo, o ritmo de trabalho resultante será de 50 (cinquenta) entrevistas por mês. O gráfico abaixo detalha o número de entrevistas acumuladas mensalmente. Ao término do primeiro mês obviamente teremos 50 entrevistas completas. Ao término do segundo mês, serão 100 entrevistas completas. E assim sucessivamente, até completar as quatrocentas entrevistas ao término do oitavo mês. Observe que estas amostras menores que a amostra total representam o universo de estudo, embora com margens de erro maiores. 

No nono mês de trabalho, as primeiras cinquenta entrevistas (desenvolvidas no primeiro mês de trabalho) são excluídas da amostra, e outras tantas novas são incluídas. No décimo mês, são substituídas as entrevistas originalmente conduzidas no segundo mês de trabalho, e assim por diante. Em outras palavras, a partir do nono mês (neste exemplo), sempre teremos uma amostra completa olhando para as entrevistas efetuadas nos últimos oito meses.

Quando a geração de resultados iniciais for urgente, é possível condensar os primeiros meses de trabalho num único. No exemplo acima, poderiamos planejar a execução das primeiras 150 entrevistas no primeiro mês, continuando com 50 entrevistas mensais a partir do segundo mês. Neste caso, a amostra total de quatrocentas entrevistas será completada então em seis meses. Adicionalmente, as análises anteriores à primeira amostra completa terão margens de erro menores (porque o número de entrevistas já completadas será maior).

Generalizando a partir do exemplo acima, resulta então que o planejamento detalhado do monitoramento de mercado requer a definição de:

- Tamanho da amostra total a ser construída (em número de entrevistas)

- Duração do ciclo de entrevistas (em meses), após o qual elas começarão a ser substituídas

- Eventual esforço inicial concentrado, para a construção de um lote inicial maior que a cota correspondente ao primeiro mês do ciclo de entrevistas

Informação adicional sobre o monitoramento de mercado

Navegue pelo restante da seção do site dedicada ao monitoramento de mercado, e veja:

Um RESUMO sobre o monitoramento de mercado

Descrição detalhada dos BENEFÍCIOS para a sua empresa

Uma COMPARAÇÃO entre o monitoramento de mercado e as pesquisas de mercado tradicionais

--

Se você quer saber ainda mais sobre como o monitoramento de mercado pode ser aplicado na sua empresa, entre em contato conosco imediatamente.