Há 50 anos, no surgimento do Marketing, já se falava em satisfazer as necessidades dos clientes; a partir da década de 90, exceder as expectativas dos clientes e encantá-los passou a ser o foco. Mais recentemente, gurus de MKT e Estratégia levantam a bandeira para a importância das empresas em ‘criar as necessidades’ nos clientes, desenvolvendo produtos/serviços que, além de competitivos, devem ser inovadores.

Para que as empresas alcancem seus objetivos e saiam vitoriosas do campo de batalha diário, a proposta é que seja trabalhada e desenvolvida uma ‘Rede de Valor para Inteligência Empresarial’.

A Rede de Valor para Inteligência Empresarial (REVIE) é uma rede de melhores práticas em Marketing e Vendas, estruturada em quatro eixos trabalhando juntos e integrados:

- mercado/concorrência;
- produtos e/ou serviços;
- clientes e
- parcerias ou canais.

É uma rede de valor formada pela empresa, clientes e parceiros estratégicos (fornecedores,distribuidores, provedores de serviços) com o objetivo não só de reunir a informação e integrar os dados, mas de criar e partilhar o conhecimento com um nível de colaboração em que os ganhos e resultados sejam maximizados.

A REVIE é uma rede com o objetivo de agregar valor para as empresas em Marketing e Vendas no curto, médio e longo prazo. Por ser uma Rede de Valor para Inteligência Empresarial (REVIE), a colaboração é uma das principais características dessa rede. Colaboração não apenas intra-empresarial, mas envolvendo desde clientes a parceiros/fornecedores. Esta é a principal diferença entre a REVIE e o Business Intelligence (Inteligência de Negócios).

O conhecimento e a colaboração são a base da Rede de Valor para Inteligência Empresarial (REVIE). A inovação e a criação de valor (para os clientes, parceiros, empresa e acionistas) – os resultados.

É uma relação win-win em que a empresa e os parceiros estratégicos ganham vantagem competitiva, agregam maior valor ao negócio e inovam com resultados eficientes. Já os clientes, contribuem e interagem com a empresa, de maneira eficiente quer seja na concepção ou no desenvolvimento das soluções ou mesmo na fase do pós-lançamento, tendo vantagens como agilidade no lançamento dos produto/serviço e soluções mais personalizadas.

É importante que a empresa agrupe os parceiros estratégicos e diferencie esse grupo dos demais parceiros que podem contribuir e fazer parte da rede, mas não no nível de interação dos parceiros estratégicos.

As áreas de negócio das empresas devem liderar a “rede de inteligência” com apoio das áreas técnicas de Business Intelligence/Datawarehousing e Tecnologia.

A ‘coopetição’ (cooperação + competição) já domina o campo de batalha juntamente com produtos similares, clientes cada vez mais exigentes e menos fiéis.  Dentre as ações estratégicas, ganham importância a Web 2.0, customer experience dentre outros.

Empresas – deixem as armas convencionais de lado!

A implementação de uma Rede de Valor para Inteligência Empresarial cria ângulos competitivos com inovação e resultados.

Leia estes artigos para conhecer a aplicação da REVIE na prática:

- Revie na Prática (Estudo de Caso Parte 1): Inteligência Competitiva

Revie na Prática (Estudo de Caso Parte 2): Inteligência de Produtos

Revie na Prática (Estudo de Caso Parte 3): Inteligência de Clientes

- Revie na Prática (Estudo de Caso Parte 4): Inteligência de Parceiros

Para mais detalhes sobre o método você encontra em www.revie.com.br

Quem criou a REVIE

Daniela Ramos Teixeira, diretora da REVIE Inteligência Empresarial, é especialista em Marketing Estratégico, Inteligência Empresarial e Competitiva. Em 2008, criou o Método REVIE (Rede de Valor para Inteligência Empresarial) - a Rede de Melhores Práticas para Marketing e Vendas.