A concorrência optou por fazer um trabalho de evangelização dos profissionais certificados na plataforma de software livre. Entretanto, a única informação disponível sobre estes profissionais era aquela publicada pela empresa certificadora, que disponibilizava seus nomes e a cidade onde estes profissionais trabalhavam.

Nos capturamos os nomes dos profissionais, conforme disponibilizados no site da empresa certificadora na Web, transformamos numa tabela de banco de dados e cruzamos com a base de dados de profissionais de TI da MBI. Imediatamente identificamos cerca de metade dos profissionais em nossa base de dados, incluindo ai seus dados de contato nas empresas onde trabalham. Posteriormente, cruzando os nomes restantes com dados da lista telefônica, conseguimos aumentar o índice de identificação para cerca de 85% da lista total. 

Como último passo, nosso cliente pediu que entrevistássemos estes profissionais para solicitar autorização para envio de material. Nós conseguimos falar ao telefone com 70% da lista original, e quase dois terços destes profissionais concordaram em receber material do concorrente.