Diminui o número de empresas nacionais de software

Segundo Roberto Mayer, da MBI, redução é resultado de um processo de consolidação

Há quatro anos, existiam 4,3 mil empresas de software nacionais. Hoje, são 2,5 mil. "O número de empresas estar diminuindo reflete um processo de consolidação. Essas empresas não necessariamente desapareceram, muitas mudaram de ramo ou foram incorporadas", afirma Roberto Mayer, da MBI.

A declaração foi feita durante a apresentação de um estudo da MBI, com colaboração do Instituto de Tecnologia de Software (ITS) e da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, Software e Internet de São Paulo (Assespro - SP).

A pesquisa, feita com as 50 maiores empresas brasileiras de software, aponta que 28% esperam crescer de 10% a 25%. Outras 26% esperam desenvolvimento superior entre 25% e 50% e cerca de 10% esperam manter o mesmo nível.

Ainda segundo o levantamento, em 2006, 24% das empresas cresceram de 10% a 25%, 16% mantiveram-se estáveis e 6% sofreram retração de 10% a 25%.

Republicado a partir de http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=28871